O momento de expansão de uma empresa envolve decisões bastante importantes e delicadas que, se não forem abordadas de maneira coerente, podem trazer um efeito contrário ao que foi planejado. Para que os riscos envolvidos nesse processo sejam minimizados, um estudo de geomarketing abrangente pode ser realizado. Existem diferentes projetos de expansão possíveis, que dependem dos objetivos do cliente e da disponibilidade de informações. Abaixo citamos os três mais comuns:

  • Avaliar um ponto comercial existente.
  • Expandir uma rede nova sem dados históricos.
  • Expandir uma rede nova com dados históricos.

Como então podemos aplicar uma metodologia que tem como objetivo analisar regiões para a abertura de um ponto comercial? A fim de demonstrar de maneira mais prática vamos examinar um estudo de geomarketing que pode ser desenvolvido mesmo sem qualquer histórico, bastando apenas duas informações fornecidas pelo cliente: o município (ou bairro) onde se deseja atuar e o ramo de negócios da empresa.

Vamos usar um caso prático de uma instituição de ensino, especialista em treinamento para executivos, que procurou a Cognatis e solicitou o mapeamento de oportunidades para expansão na região do ABC paulista (São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo e Santo André).

O estudo teve como premissa analisar essas áreas metropolitanas a fim de identificar os melhores locais para abertura de um novo ponto para a empresa.

As etapas para identificar as áreas de interesse seguiram da seguinte maneira:

17_11-2

Após a etapa inicial de definição do público alvo com a participação do cliente, a Cognatis utilizou as informações do Geopop®, nossa base de informações geodemográficas especialmente desenvolvida para estudos de geomarketing, para identificar as áreas potenciais. Foram verificadas variáveis relacionadas à população residente e diurna (trabalhadores que habitam as regiões durante o horário comercial) das regiões, como renda familiar, escolaridade, educação,  vias de acesso, lançamentos imobiliários, etc.

Terminado o levantamento das áreas potenciais levando em consideração o público alvo, iniciou-se o mapeamento da concorrência e dos polos geradores de fluxo nas regiões.

A análise então identificou mais informações relevantes sobre a região que adicionaram mais dados ao estudo:

  • A região escolhida para expansão é destacada como fortemente industrial, sendo que 57% das atividades econômicas são provenientes do setor terciário – participação que é maior do que a média do estado.
  • Foram também encontradas algumas escolas que já estavam estabelecidas por lá e eram direcionadas a executivos, além de 27 campus de faculdades ou universidades.

Ao fim do estudo, a Cognatis criou um  índice de potencial mercadológico  levando em consideração as informações mais relevantes para a escolha do ponto. Este índice apontou para quatro regiões de maior potencial dentro do ABC, de acordo com a escala abaixo.

17_11-3

 

A partir do estudo realizado, a empresa conseguiu comparar as opções e escolher com mais assertividade onde localizar seu novo ponto.

O geomarketing geralmente é associado ao serviço prestado às empresas de varejo que querem abrir um novo ponto ou expandir suas redes. No entanto, essa percepção do geomarketing é limitada. Faça o download do whitepaper e confira como as empresas podem explorar as novas vertentes do geomarketing.

Quer saber mais como a Cognatis pode ajudar a trazer inteligência de mercado para a sua empresa? Acompanhe a Cognatis pelo Linkedin e saiba como aplicar estudos de geomarketing ao seu negócio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *