Realizar pesquisas de segmentação de mercado, efetivada por ferramentas de geomarketing, é uma das maneiras mais concretas para conseguir assimilar as oportunidades de negócios que uma região oferece.

Antes de segmentar os perfis de consumidores em regiões específicas dentro dos bairros, o primeiro passo a se tomar é saber qual é o seu público alvo. Feito isso, um negócio pode prosseguir em identificar os diferentes tipos de segmentação dentro dessa mesma região. Confira quatro tipos de segmentação que influenciam diretamente o planejamento estratégico do seu negócio:

Segmentação demográfica – essa é uma das mais simples e mais utilizadas por empresas para se definir o perfil de um público. Ela divide a população em diferentes variáveis como: idade, gênero, tamanho da família, renda, ocupação, religião, raça e nacionalidade. Muitas companhias a utilizam para atrair os indivíduos com o perfil certo para os seus produtos ou serviços. Um exemplo pode ser visto na indústria automotiva. O setor automobilístico possui uma ampla variedade de opções, abrangendo públicos de diferentes rendas. Marcas de luxo e marcas populares precisam estabelecer-se nas regiões – em termos de lojas físicas e concessionárias – que estejam de acordo com o público alvo de cada empresa ou da linha de produtos que oferece.

Segmentação geodemográfica – esse tipo de segmentação é ainda pouco usado no Brasil, mas muito conhecido das empresas nos EUA e Europa. Diferentemente da segmentação demográfica em que os clientes (ou suas famílias) são segmentados individualmente, neste caso é a “vizinhança” que é segmentada. Por vizinhança, entende-se uma microrregião urbana, como o bairro, distrito, ou até mesmo o quarteirão em que o consumidor reside ou trabalha. Com este instrumento é possível apontar para qualquer ponte em uma cidade e saber rapidamente qual é a característica da população que vive ou trabalha ali. É possível também comparar regiões, dizer por exemplo, que a região X e Y da mesma cidade, ou de cidades diferentes, são similares do ponto de vista socioeconômico, demográfico e mercadológico. Esta ferramenta é de grande valia em estudos de expansão de redes varejistas, por exemplo, pois facilita imensamente a avaliação do perfil da vizinhança das lojas existente e planejadas. Agências de marketing também são grandes usuárias, pois a segmentação de vizinhanças é uma forma rápida e econômica para dirigir malas diretas ou posicionar mídia urbana.

Segmentação comportamental – esse tipo de segmentação divide a população com base em seus comportamentos e padrões de decisões. Ela se difere da segmentação puramente demográfica ao considerar o comportamento do consumidor, e não apenas suas características. Por exemplo, vamos supor que uma empresa de sabonete “x” tem majoritariamente como consumidor fiel, um público entusiasta por atividades físicas regulares. Sabendo dessa informação, a empresa fará todo o planejamento de marketing com base nos padrões de comportamento desse perfil de consumidor. Outro exemplo evidente no mercado de smartphones está na diferença entre três marcas conhecidas. O Blackberry foi lançado para usuários com caráter empresarial; a Samsung foi lançada visando consumidores que gostam do Android e preferem adquirir vários aplicativos por um preço baixo; e a Apple ficou com o status de ser a escolhida por consumidores que desejam fazer parte de um nicho único e diferenciado.

Segmentação psicográfica – essa categoria é utilizada tendo em vista o estilo de vida das pessoas, incluindo suas atividades, interesses e até opiniões para ajudar a definir um segmento de mercado. Essa segmentação leva em conta aspectos psicológicos do comportamento do consumidor. Uma empresa pode se aproveitar dessas informações – por meio de serviços prestados por empresas de geomarketing – para traçar estratégias eficientes de campanhas de marketing localizadas em regiões específicas.

Hoje em dia, os princípios da segmentação são essenciais para expandir e direcionar negócios dentro dos territórios que atuam ou desejam atuar. Esses princípios podem ser extraídos por meio de um trabalho de inteligência de mercado, executado por serviços confiáveis de geomarketing.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *