O Brooklin é um dos bairros nobres de São Paulo que apresenta excelentes condições para quem deseja morar e trabalhar

O crescimento do bairro atraiu importantes empresas nacionais e multinacionais, que se estabeleceram por lá nas últimas quatro décadas tornando a região uma área propícia para realizar negócios, rivalizando até com o domínio da Avenida Paulista em se tratando de centros empresariais de alto padrão. O bairro conta com inúmeros estabelecimentos comerciais, incluindo grandes núcleos de compras, instituições financeiras e restaurantes sofisticados.

O Brooklin é uma região próspera e considerada um cartão postal da capital paulista. A partir da base de dados do GEOpop®, a Cognatis capturou algumas informações para ajudar a detalhar com mais precisão o perfil demográfico e comercial do bairro, revelando informações interessantes para empresários que desejam investir por lá.

Domicílios e classe social

Com população de 17.507 residentes, constatamos que a média de moradores por domicilio é de 2,39 pessoas. Se dividirmos em porcentual, descobriremos que o Brooklin está entre os cinco bairros da cidade que concentra um dos maiores porcentuais de domicílios com apenas um único morador – com 26,63%. As moradias com apenas duas pessoas ocupam 32,19% da região, enquanto que as residências que abrigam entre 3 e 5 moradores são a maioria, com 39,27%.

A renda média familiar dos moradores do Brooklin é de R$ 9979,85. A grande maioria pertence à classe B, com 56,74%. Moradores que pertencem à classe A vêm em seguida com 28,56% de representatividade. A classe C, por sua vez, registra um porcentual de 13,87% da população do Brooklin.

 

Ciclo de vida

Na análise feita sobre o ciclo de vida, constatamos que a maioria dos domicílios  é constituída por solteiros sem filhos. O segundo grupo com maior representatividade é o de famílias com chefes casados, idade entre 25 e 64 anos, com filhos e 2 rendas. Veja na tabela a caracterização das famílias que moram no bairro e a divisão porcentual de cada grupo:

 

Trabalhadores diurnos

O bairro do Brooklin é conhecido por seu intenso tráfego durante a semana. Há mais de 23 mil trabalhadores diurnos que visitam a região todos os dias, um número 30%  maior que o de habitantes. O número de pessoas que vão à região para tratar de negócios e trabalho é grande, razão que faz com que cresça o interesse em analisar dados referentes população que trabalham por lá. Desse total, a partir dos dados coletados no GEOpop®, podemos conferir na tabela a divisão de trabalhadores por sua renda:

 

Gastos com educação e seguro automotivo

No Brooklin 56,35% dos residentes investem seus recursos em educação com ticket médio de R$ 616,13. São 8,57% domicílios que gastam com ensino fundamental (ticket médio de R$ 1262,37); 4,55% com ensino médio (com gastos mensais de R$ 599,4) e 9,83% com ensino superior (investimento médio de R$ 961,65).

A maior parte dos moradores do Brooklin gastam com seguros de veículos. No bairro, 68,31 dos domicílios possuem ao menos um carro. Desse total, 65,56% desembolsam em média R$ 301,66 mensais com seguros automotivos (a média de São Paulo é de R$ 107,51).

Para entender o perfil de mercado do bairro Brooklin e as oportunidades que essa região oferece, é necessário consultar uma base consistente de informações demográficas. A Cognatis trabalha para que uma empresa possa estudar com precisão as características de cada bairro de modo a tomar decisões corretamente. Acompanhe a Cognatis no LinkedIn e siga as últimas notícias sobre como aplicar inteligência de mercado ao seu negócio.

Confira também a análise que a Cognatis fez de outros bairros da capital paulista:

Conheça o perfil comercial e demográfico do bairro Bela Vista

Oportunidades no bairro Vila Pompeia: como encontrar?

Quais os empreendimentos que estão em ascensão no bairro Vila Mariana?

Quais oportunidades um empreendedor pode encontrar no bairro da Mooca?

Análise de oportunidades comerciais no bairro Itaim Bibi

Conheça o perfil de mercado do bairro Moema de SP

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *