A localização geográfica tem um papel crucial no público que irá frequentar o seu negócio. De fato, o sucesso de uma empreitada comercial está baseada no entendimento que o seu público tem da sua marca e no valor que o seu consumidor dá a ela. E, para entender esse valor, é preciso criar uma segmentação de mercado precisa utilizando técnicas demográficas e comportamentais– compreendendo as variações e peculiaridades de cada público.

Veja quais são os três passos básicos para segmentar seu público de acordo com esta metodologia:

1-Construa uma segmentação de mercado que faça sentido. Graças às novas tecnologias, o Marketing tornou-se algo completamente diferente. Mais produtivo, preciso, personalizado e, acima de tudo, mensurável. Entretanto, a função principal do Marketing não mudou. Sem um conhecimento extensivo da sua audiência, e uma segmentação feita de maneira correta, com um propósito claro de negócio, os resultados não alcançarão o máximo de eficiência possível.

Trabalhar com uma segmentação de mercado definida significa conhecer a sua audiência de forma mais assertiva e descobrir com quem você está falando naquela loja ou ponto de venda (PDV) específicos. O estudo das informações demográficas e comportamentais do consumidor é uma parte integral da segmentação.

Para fazer a segmentação do PDV, é preciso primeiro determinar a sua área de influência –o que geralmente corresponde a uma área de 2km no entorno do negócio e, a partir daí, analisar as questões socioeconômicas dessa região. Mesmo que um PDV esteja distante geograficamente de outro, é possível que estejam em áreas com características semelhantes. A partir da análise local, é possível agrupar os PDVs em áreas, e determinar qual é a melhor estratégia de comunicação com os públicos mapeados.

2- Utilize conteúdo contextualizado. Cada região tem suas próprias especifidades comportamentais. Quer um exemplo disso? Em São Paulo, há claras distinções entre bairros que foram fortemente influenciados por ondas migratórias diferentes – o que muda lojas, restaurantes e preferências de consumo de um determinado lugar. Ao mapear o seu consumidor de forma assertiva, é possível criar campanhas de vendas personalizadas, associando a comunicação online a eventos físicos. Acima de tudo, selecione produtos e promoções que façam sentido tanto do ponto de vista do público, como também da sazonalidade.

3- Convença a sua audiência. Ainda dentro do contexto de personalização do conteúdo, crie mensagens que façam sentido à sua audiência, dentro de suas características socieconômicas. Para isso, vale a pena lançar mão de vários artifícios, como utilização de linguagem apropriada, imagens de destaque etc.

Para o trabalho de segmentação de mercado utilizando a geolocalização, a Cognatis criou a ferramenta GeoPop®, que fornece uma linha completa de dados geográficos, que podem ser segmentados a partir dos residentes de uma determinada região, frequentadores diurnos, outros negócios no entorno, bem como fornecer tendências regionais, incluindo aspectos demográficos, ocupacionais, econômicos, entre outros.

Para saber mais, faça o donwload do nosso whitepaper sobre como o geomarketing identifica o potencial de uma região, e entenda como investir seus recursos de forma eficiente.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *